28 de dez de 2010

Caderno de Chocolate.

Vocês não entendem nada. Não sou culpado se minhas ações se limitam em incertezas e repetições. Postei duas vezes o mesmo texto e só me dei conta dois meses depois. Sim, sou muito previsível. Dê-me algo diferente, faça com que, ao invés de grama, algodão brote sobre esses gramados. Lucas, você só precisa esperar que as coisas se acertam. Sim, mas quanto tempo já se passou? A barba cresce, os cabelos caem e eu continuo estático. Estou cansado dessa política de pão e circo. Todos já estão mortos e o único ser que pode me ajudar agora é Mr Franksfield e sua busca incansável pela inocência. A xícara já está vazia e fantasmas assombram o meu quarto durante a noite. Abro a janela e sinto que uma parte de mim se desmancha no ar.

Um comentário:

Liih Souza disse...

Você sabe bem onde se achar.